Have You Heard The Brazilian Band Trema?

In their album released in 2018 (Na Capital), the band from São Paulo, Brazil, went through various aspects of rock, blues and also flirted with pop, alternative and even progressive. But it was on the heavier tracks, such as "Future" and "Mondays", that the group found their best sound.

To pursue the essence of this heavier, but modern, rock, the new single “Stop it” was produced by Adriano Daga (Angra, Malta, Jeff Scott Soto), a Grammy-winning musician and producer. Daga says that in the songwriting and recording process he tried to make the most of the potential he saw in the song and the musicians: "Since the first contact I've realized the sound was a really heavy track, and the musicians, 'caged animals'. What I did was let loose the beasts… And the result couldn't be better.”

To accompany the release of the Single, the band produced a collaborative music video featuring personalities from the Brazilian music and entertainment, as well as friends who have somehow been part of the band's history, with over more than 20 years on the road.

The lyrics of “Stop it” carry a strong and positive message, like says the vocalist and writer, Zebini: “It's never too late to change, and to stop the attitudes that push us away from what really matters: people. And rethink the way we live." About the sound, guitarist Maw Kido highlights: “In the album Na Capital we brought a little of everything with various influences from the rock universe. With this new sound we can rescue more of our essence that basically comes from hard rock and also heavy metal.”

Trema began its journey in 1997. So the band has been on the road for 22 years. Originally the band was a trio, with drummer (Zebini) and guitarist (Maw Kido) sharing vocals. The band performed in countless venues during the early years, playing songs by other rock, hard rock and heavy metal artists. Over time, Trema realized that the way would be to produce their own songs, and so decided to include a new drummer and release Zebini to take over the vocal definitely.

Then they began to create. Nonstop. Songs with Portuguese lyrics, and also English lyrics. Even from Brazil, the band clearly realized that having English songs would greatly expand their possibilities. And they bet on it.

These were a lot of years of production until, in 2018, Trema released their album, Na Capital, with ten songs.

The album has the participation of the genius André Abujamra sharing the vocals in the track "Capital". And also has the participation of Adriano Grineberg on keyboards of "Vida Boa" (good life). Adriano is one of the greatest blues musicians in the country.

To record his album Trema hired as producer and sound engineer the renowned Alexandre Fontanetti of the Space Blues studio, who has worked with Rita Lee (alongside who won a gold album), Guilherme Arantes, Zélia Duncan, André Christovam, Bruna Caram, Ana Cañas, among others.

Some tracks from Trema's album also went through the hands of André “Kbelo” Sangiacomo and Jean Dolabella, from Family Mob studio (Ego Kill Talent, Initial Capital, Chico Cesar, Gal Costa, Sepultura). Mastering is by Carlos Freitas, from Classic Master.

Now, in 2019 the band has released their new single, "Stop it", with English lyrics and bet all their chips on this heavier rock, which brought back its origins in hard rock and heavy metal.

Maw Kido
guitarra e voz
guitar and vocals
Marco Maia
baixo
bass
Zebini
voz
lead vocals
Rafael Blekic
bateria
drums

Em seu álbum lançado em 2018 (Na Capital), a banda paulistana passou por várias vertentes do rock, blues e também flertou com o pop, alternativo e até progressivo. Mas foi nas faixas mais pesadas, como "Futuro" e "Mondays", que o grupo encontrou seu melhor som.

 

Para buscar a essência desse rock pesado, mas moderno, o novo single "Stop it" foi produzido por Adriano Daga (Angra, Malta, Jeff Scott Soto), um músico e produtor vencedor do Grammy. Daga diz que, no processo de composição e gravação, ele tentou aproveitar ao máximo o potencial que viu na música e nos músicos: "Desde o primeiro contato, percebi que o som era uma faixa forte, pesada, e os músicos ‘feras enjauladas’. O que eu fiz foi abrir as grades... e o resultado não poderia ser melhor.”

 

Para acompanhar o lançamento do single, a banda produziu um videoclipe colaborativo com personalidades da música e do entretenimento, além de amigos que de alguma forma fizeram parte da história da banda, com mais de 20 anos de estrada.

 

Assista ao clipe no YouTube: https://www.youtube.com/user/BandaTREMA

 

A letra de “Stop it” carrega uma mensagem forte e positiva, como diz o vocalista e letrista Zebini: “Nunca é tarde para mudar e parar as atitudes que nos afastam do que realmente importa: as pessoas. E repensar a maneira como vivemos."

 

Sobre o som, o guitarrista Maw Kido destaca:“No álbum Na Capital, trouxemos um pouco de tudo com várias influências do universo do rock. Com esse novo som, podemos resgatar mais de nossa essência que basicamente vem do hard rock e também do heavy metal ".

 

 

A Trema começou sua jornada em 1997. Originalmente, a banda era um trio, com o baterista (Zebini) e o guitarrista (Maw Kido) compartilhando os vocais. A banda se apresentou em inúmeros locais durante os primeiros anos, tocando músicas de outros artistas de rock, hard rock e heavy metal. Com o tempo, a Trema percebeu que o caminho seria produzir suas próprias músicas, e então decidiu incluir um novo baterista e lançar Zebini para assumir definitivamente o vocal.

 

Então eles começaram a criar. Sem parar. Músicas com letras em português e também em inglês. Mesmo no Brasil, a banda percebeu claramente que ter músicas em inglês aumentaria muito suas possibilidades. E eles apostaram nisso.

 

Foram muitos anos de produção até que, em 2018, a Trema lançou seu álbum Na Capital, com dez músicas.

 

O álbum conta com a participação do gênio André Abujamra compartilhando os vocais na faixa "Capital". E também tem a participação de Adriano Grineberg nos teclados de "Vida Boa". Adriano é um dos maiores músicos de blues do país.

 

Para gravar seu álbum, a Trema contratou como produtor e engenheiro de som o renomado Alexandre Fontanetti, do estúdio Space Blues, que trabalhou com Rita Lee (ao lado de quem ganhou um álbum de ouro), Guilherme Arantes, Zélia Duncan, André Christovam, Bruna Caram, Ana Cañas , entre outros.

 

Algumas faixas do álbum de Trema também passaram pelas mãos de André “Kbelo” Sangiacomo e Jean Dolabella, do estúdio Family Mob (Ego Kill Talent, Capital Inicial, Chico Cesar, Gal Costa, Sepultura). A masterização é de Carlos Freitas, do Classic Master

 

Em 2019, a banda lançou seu novo single, "Stop it", com letra em inglês e apostou todas as suas fichas nesse rock mais pesado, que trouxe de volta suas origens no hard rock e no heavy metal.

Você já ouviu a banda Trema?

© 2018 TREMA